Licença Maternidade

Saiba Agora se você tem direito ao Salário Maternidade

A forma mais Fácil, Rápida e Segura de conhecer o Seu Direito.

Basta Responder o Formulário Abaixo.
⌛ Leva menos de 1 minuto. ⌛

Somaprev Assessoria
Em qual perfil abaixo você se enquadra?
Atualmente, qual a sua Situação Profissional?
Atualmente, qual a sua Situação Profissional?
Você paga individualmente o Carnê do INSS?
Você tem filho(s) nascidos menores de 5 anos?
Complete: Quando meu filho(a) menor de 5 anos MAIS novo Nasceu...
Você Recebeu Seguro Desemprego?
Complete a frase: após minha demissão, fiquei grávida...
Por quanto tempo durou a gestação?
Possui o Termo Judicial de Adoção?
Como Você Gostaria de Receber o Resultado da Sua Consulta?
+55
+55
Gostaria de Receber o Resultado também por email?

Validação

Prosseguir

Antispam

Quem tem direito a Licença Maternidade pelo Governo?

O Licença Maternidade Para Desempregada, ou auxílio-maternidade, é um benefício do governo pago às mães desempregadas que já tiveram registro na Carteira de Trabalho e que tenham filhos menores de 05 (cinco) anos. O benefício tem duração de 120 (cento e vinte) dias e é concedido a partir do 8º mês de gestação, sendo necessário que a mãe segurada atenda à alguns requisitos para que ele seja, de fato, concedido.

Licença Maternidade Para Desempregada

Poucas mães sabem, mas mulheres grávidas desempregadas, também podem ter direito a licença maternidade. Têm direito aquelas mulheres em que o nascimento ou adoção do filho ocorrer em um período que varia de 12 a 36 meses após a demissão ou a partir da data da última contribuição individual, pelo carnê, ou como MEI (Microempreendedora Individual).

O salário-maternidade é garantido em casos de parto (antecipado ou não), de aborto não-criminoso e de adoção. Mães de bebês natimortos também tem direito ao benefício.

O benefício também é conhecido como: Auxílio Materno, Auxílio Amamentação, Auxílio Gestante, Auxílio Gravidez, Auxílio Natalidade, Licença Maternidade Para Desempregada, ou Seguro Maternidade.

Auxílio Emergencial e Bolsa Família

O auxílio emergencial não vale para quem já recebe qualquer benefício da previdência ou assistencial do governo, com exceção do bolsa família. Isso significa que enquanto a mãe estiver recebendo o auxílio-maternidade, ela não poderá receber o benefício emergencial. Porém (!), após o período de recebimento do auxílio-emergencial, caso a mãe ou gestante ainda esteja dentro do prazo de carência, ela pode sim, dar entrada ao benefício.